TInformando - links para os meus blogs, YouTub e facebook http://tinformando-meus-blogues.blogspot.com/

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Seção Braille da Biblioteca Pública do Paraná deseja um feliz Natal e ,,,2016

seção braille

Entrada
x

Cleomira Ferreira de Souza cleomirasouza@bpp.pr.gov.br

17:57 (Há 5 horas)
para Cleunice

Cartão na cor branca, à esquerda com um pinheiro na cor verde garrafa, desenhado por duas linhas de maneira circular do maior para o menor com uma estrela com 8 pontas ao topo, e estrelas de diversos tamanhos e formatos à volta de sua extensão. À direita a mensagem em fonte cursiva um tom mais escuro ao do pinheiro com o escrito “Semear ações e colher conquistas. Ter fé, nunca deixar de sonhar e trabalhar para que boas surpresas aconteçam. Com esse espírito a Seção Braille da Biblioteca Pública do Paraná deseja um Feliz Natal e um 2016 plenos em conquistas, fraternidade e grandes realizações!”

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Apresentação da peça "Tudo o que vi de olhos fechados"

Daniel Massaneiro
25 de nov (Há 2 dias)
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
para
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Encaminhando e-mail.

- - -

Apresentação da peça "Tudo o que vi de olhos fechados"

Trata-se de uma produção do projeto Ilusão, com a participação de pessoas cegas e não cegas contracenando. Todas as pessoas cegas são frequentadores das atividades do Instituto Paranaense de Cegos - IPC e Escola.

No domingo, dia da peça, serão colocados um (ou mais) ônibus saindo do IPC para transportar as pessoas (cegas e não cegas) que desejam assistir a apresentação. Depois o ônibus retorna ao Instituto.

É muito importante a presença E a participação de todos.

    Data: 06 de Dezembro de 2015. Hora da peça: 18h.

O transporte sairá do IPC as 16:30 horas. O retorno será depois do coquetel, servido depois da apresentação. Só lembrando: tudo estará sendo filmado.

Os interessados podem estar ligando no 3342-6690, opção 3 e pedir para falar com a Carol.

Para demais informações, como local da peça, como chegar, etc, podem estar ligando para o mesmo número.

- - -

Caso não queira receber mais estes e-mails, clique em responder e no corpo do e-mail escreva a palavra sair.

Concernentemente,

Daniel Massaneiro
 
Presidente do Instituto Brasileiro das Pessoas com Deficiência em Ação - IBDA



domingo, 8 de novembro de 2015

ONCB sobre empreendedorismo

MC] Rádio MC transmitirá encontro da ONCB sobre empreendedorismo. Programação já está no site.

Entrada
x

Mundo Cegal mundo@mundocegal.com.br

18:19 (Há 12 minutos)
para news
A Rádio Mundo Cegal vai transmitir, ao vivo, o Seminário da Organização Nacional de Cegos do Brasil que ocorrerá de 11 a 15 de novembro sobre o protagonismo e empreendedorismo da pessoa com deficiência visual. A programação pode ser acessada no site da ONCB ou diretamente pelo link http://www.oncb.org.br/empreendedorismo2015 .
Para acompanhar o evento pela rádio Mundo cegal, acesse, nos dias do seminário, o link http://www.mundocegal.com.br/radio
 
Abraços,
Diniz
 

Para não receber mais nossos informativos, desinscreva-se enviando um e-mail para
news-unsubscribe@mundocegal.com.br

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Chip ajuda a recuperar a visão.





Enviado em 6 de mar de 2010
Técnica é chamada como olho biônico. Chip armazena informações que podem devolver, para quem é cego, a capacidade de enxergar.

domingo, 25 de outubro de 2015

ogo Technology

From: Cayo Martin Date: 2015-10-25 13:26 GMT-02:00 Subject: Fwd: espero que possa ajudar a pessoas que necessitam de cadeira....




Publicado em 10 de ago de 2015
Introducing ogo,
a new take on personal transportation.
Our mission is to revolutionize the area around personal transportation and mobility.

Our team has blended cutting edge electronics and battery technology with an innovative intuitive hands free control system, to introduce a new era in personal transportation and freedom of movement for maximum independence.

To use this video in a commercial player or in broadcasts, please email licensing@storyful.com

domingo, 27 de setembro de 2015

TECNOBLIND

Evento online: O protagonismo da pessoa com deficiência visual no trabalho. Participe!
Entrada
x
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/profile_mask2.png
Mundo Cegal <mundo@mundocegal.com.br>
23:40 (Há 14 horas)
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
para news
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Acaba de surgir uma Organização Não Governamental que pretende atuar em todo o Brasil, via internet, oferecendo cursos à distância, atuando na defesa da acessibilidade na Web e promovendo eventos periódicos com assuntos relativos à deficiência visual. É a TECNOBLIND. Venha conhecer!
Nosso evento de inauguração será no dia 17 de outubro, sábado, à partir das 19 horas. E o tema será "O protagonismo das pessoas com deficiência visual no trabalho". Inscreva-se no sitehttp://www.tecnoblind.org.br/trabalho2015 - O evento será aberto a qualquer interessado e você poderá participar estando em qualquer lugar com acesso à internet.
Sabemos que ainda há muito por fazer no contexto da pessoa com deficiência visual no trabalho. A resistência das empresas, ausência de acessibilidade no ambiente laborativo e a falta de preparo dos gestores são assuntos que carecem de ampla discussão e aprimoramento.
Participe dessa discussão e ajude a construir uma sociedade mais inclusiva no que diz respeito ao acesso e manutenção da pessoa com deficiência no mercado de trabalho. Contaremos com palestrantes de reconhecida atuação na área e os participantes poderão interagir por meio de perguntas e manifestações.
Após as palestras e discussões, a Diretoria da TECNOBLIND promoverá um cafezinho virtual onde serão apresentados os objetivos da entidade e colheita de idéias e sugestões para a nossa atuação. A interação com as pessoas com deficiência visual é fundamental para a evolução das ações da Tecnoblind. Por isso sua presença é fundamental. Não deixe de participar!
Programação
Dia 17 de outubro de 2015
·        19h00 - Mesa de abertura;
·        19h10 - O prejuízo da terceirização para as pessoas com deficiência;
·        19h30 - A atuação das instituições de e para cegos na inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho;
·        19h50 - A legislação relativa às pessoas com deficiência no trabalho;
·        20h10 - O subaproveitamento das pessoas com deficiência no funcionalismo público;
·        20h30 - A experiência de uma pessoa com deficiência na iniciativa privada;
·        20h40 - Espaço para perguntas e discussões;
·        21h00 - Apresentação da entidade pela diretoria;
·        22h00 - Encerramento.


Acesse a página do evento e inscreva-se. http://www.tecnoblind.org.br/trabalho2015

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

avaliação da voz digital utilizada nos audiolivros das edições da Câmara

Mundo Cegal mundo@mundocegal.com.br

Anexos23:06 (Há 8 horas)
para news


Sent: Thursday, September 24, 2015 9:19 AM
Subject: Solicitação urgente referente pesquisa para avaliação da voz digital utilizada nos Audiolivros da Câmara dos Deputados



  
Prezados(as),

Por  solicitação   da  coordenadora  do Programa de Acessibilidade da Câmara  dos  Deputados,  senhora
Adriana Jannuzzi,  estamos  reenviando,    a todas  as pessoas  com  deficiência visual  e entidades  de e para 
deficientes  visuais, o  questionário em  anexo  referente a avaliação da  voz digital  utilizada nos  audiolivros das  edições da Câmara.
Essa  solicitação  foi encaminhada em  28  de  agosto, mas  até o momento recebemos poucas  contribuições.
Assim  sendo solicitamos, mais uma  vez,  sua valiosa contribuição  pois é  muito importante para  o  programa  de  acessibilidade
da Câmara  dos  Deputados saber o  que  as pessoas  com  deficiência  visual pensam  sobre  a  voz  digital utilizada nos audiolivros
daquela  instituição.
Por  gentileza, colabore,  responda  ao  questionário  e  envie para acessibilidade@camara.gov.br
Cordialmente,

Maria Glória Batista da Mota
Secretária Executiva da ONCB
SCS Q. 1, Bloco B, Sala 307
Edifício Maristela
70308-900 - Brasília - DF
Tel/Fax: 61-3041-8288
www.oncb.org.br



-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


QUESTIONÁRIO SOBRE A VOZ DIGITAL UTILIZADA NOS
AUDIOLIVROS DA EDIÇÕES CÂMARA

Solicitamos sua colaboração para avaliar a qualidade da voz digital Heloisa, utilizada nos audiolivros produzidos pela editora da Câmara dos Deputados, por meio do preenchimento deste questionário. Para isso, pedimos que você acesse o link abaixo e escute alguns trechos da Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, gravada em áudio MP3.

Nas questões onde é solicitada a atribuição de uma nota, considere a seguinte escala para a sua resposta:
5 = excelente; 4 = bom; 3 = regular; 2 = ruim; 1 = péssimo.

Questionário:

1)      Qual é a sua opinião sobre a qualidade da voz utilizada nos audiolivros?
Resposta:

2)      Dê uma nota de 1 a 5 para o nível de humanização da voz utilizada. Comente.
Resposta:

3)      Dê uma nota de 1 a 5 para a qualidade da inflexão (entonação, pronúncia, acentuação) da voz utilizada. Comente.
Resposta:

4)      Dê uma nota de 1 a 5 para o nível de compreensão da voz utilizada. Comente.
Resposta:

5)      Dê uma nota de 1 a 5 para o nível de agradabilidade da voz utilizada. Comente.
Resposta:

6)      Você tem alguma sugestão de tecnologia para a produção de audiolivros?
Resposta:

7)      Deseja fazer algum comentário adicional?
Resposta:

Informações pessoais (não é necessário preencher, caso você não queira se identificar):
Nome:
Celular:
Associações das quais faz parte:
Tipo de deficiência visual:            (   ) Cegueira       (   ) Baixa visão   (   ) Visão monocular

Favor enviar este questionário com suas respostas para o e-mail acessibilidade@camara.gov.br

Desde já agradecemos sua gentileza e participação.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Nota da ONCB sobre máquinas de cartões touchscreen

Nota da ONCB sobre máquinas de cartões touchscreen
Entrada
x
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/profile_mask2.png
Mundo Cegal <mundo@mundocegal.com.br>
Anexos22 de set (Há 2 dias)
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
para news
https://mail.google.com/mail/u/0/images/cleardot.gif
Brasília, 22 de setembro de 2015
  
A Organização Nacional De Cegos do Brasil (ONCB), instituição não governamental e sem fins lucrativos, representante de forma direta de 72 organizações de e para cegos legalmente constituídas, atuante em âmbito nacional e internacional, repudia à falta de acessibilidade nas máquinas de cartões de crédito/débito, que impedem que a pessoa com deficiência visual as utilizem com segurança e autonomia. 

Nos últimos meses, temos recebido constantes e inúmeras reclamações advindas de todo país de que máquinas de cartão de crédito e débito com tela touch têm dificultado ou impedido que pessoas cegas ou com baixa visão paguem suas compras com liberdade, autonomia, segurança e dignidade. 

Os  tradicionais modelos  de máquinas para pagamentos por meio de cartões de crédito e débito que contavam com sinalização tátil em alto-relevo no número 5 e nas principais teclas, rapidamente vêm sendo substituídas por máquinas de cartão de débito com telas touch. A “Moderninha” do PagSeguro, da Cielo e Payleven são algumas delas.

Ocorre que por possuírem um design falho e restritivo, essas máquinas privam as pessoas com deficiência visual da utilização do tato, sujeitando-as a grandes constrangimentos no ato da transação financeira, como tentar digitar várias vezes a senha até bloquear o uso, ter de passar a senha de seus cartões para que algum conhecido a digite ou mais grave, se estiver desacompanhada, ter de informar a senha para uma pessoa estranha digitá-la.

A ONCB entende que ao não contemplar requisitos de usabilidade e de acesso à informação em seus equipamentos de utilização de cartões de crédito / débito, as empresas violam inúmeros direitos basilares, como os constantes no bojo da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, tratado de direitos humanos internalizado em nosso ordenamento jurídico com status de emenda constitucional (Decreto nº 6.949/2009), dentre outros dispositivos legais de primeira prole. 

Longe de tolher qualquer avanço tecnológico, é imperioso que esses dispositivos e seus sistemas abarquem conceitos de acessibilidade e de desenho universal, de modo a permitir sua utilização, de maneira que em nenhuma hipótese a inovação represente prejuízo ou exclusão. 

Em face do exposto, a ONCB informa que tem adotado medidas em diversas esferas como Ministério Público Federal, ABNT e outros. Tais iniciativas visam dar ciência, sensibilizar, buscar soluções e de fazer valer as normas constitucionais e legais, instituidoras de um sistema normativo de direitos e garantias em favor das pessoas com deficiência. 

Moisés Bauer
Presidente da Organização Nacional de Cegos do Brasil

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Brasília, 22 de setembro de 2015
  
A Organização Nacional De Cegos do Brasil (ONCB), instituição não governamental e sem fins lucrativos, representante de forma direta de 72 organizações de e para cegos legalmente constituídas, atuante em âmbito nacional e internacional, repudia à falta de acessibilidade nas máquinas de cartões de crédito/débito, que impedem que a pessoa com deficiência visual as utilizem com segurança e autonomia. 

Nos últimos meses, temos recebido constantes e inúmeras reclamações advindas de todo país de que máquinas de cartão de crédito e débito com tela touch têm dificultado ou impedido que pessoas cegas ou com baixa visão paguem suas compras com liberdade, autonomia, segurança e dignidade. 

Os  tradicionais modelos  de máquinas para pagamentos por meio de cartões de crédito e débito que contavam com sinalização tátil em alto-relevo no número 5 e nas principais teclas, rapidamente vêm sendo substituídas por máquinas de cartão de débito com telas touch. A “Moderninha” do PagSeguro, da Cielo e Payleven são algumas delas.

Ocorre que por possuírem um design falho e restritivo, essas máquinas privam as pessoas com deficiência visual da utilização do tato, sujeitando-as a grandes constrangimentos no ato da transação financeira, como tentar digitar várias vezes a senha até bloquear o uso, ter de passar a senha de seus cartões para que algum conhecido a digite ou mais grave, se estiver desacompanhada, ter de informar a senha para uma pessoa estranha digitá-la.

A ONCB entende que ao não contemplar requisitos de usabilidade e de acesso à informação em seus equipamentos de utilização de cartões de crédito / débito, as empresas violam inúmeros direitos basilares, como os constantes no bojo da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, tratado de direitos humanos internalizado em nosso ordenamento jurídico com status de emenda constitucional (Decreto nº 6.949/2009), dentre outros dispositivos legais de primeira prole. 

Longe de tolher qualquer avanço tecnológico, é imperioso que esses dispositivos e seus sistemas abarquem conceitos de acessibilidade e de desenho universal, de modo a permitir sua utilização, de maneira que em nenhuma hipótese a inovação represente prejuízo ou exclusão. 

Em face do exposto, a ONCB informa que tem adotado medidas em diversas esferas como Ministério Público Federal, ABNT e outros. Tais iniciativas visam dar ciência, sensibilizar, buscar soluções e de fazer valer as normas constitucionais e legais, instituidoras de um sistema normativo de direitos e garantias em favor das pessoas com deficiência.