TInformando - links para os meus blogs, YouTub e facebook http://tinformando-meus-blogues.blogspot.com/

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

PROJETO ENSINA XADREZ PARA CEGOS E BUSCA INTERESSADOS PARA EVENTO PILOTO

] PROJETO ENSINA XADREZ PARA CEGOS E BUSCA INTERESSADOS PARA EVENTO PILOTO


Entrada
x

Mundo Cegal mundo@mundocegal.com.br

29 de ago (Há 2 dias)


para news
PROJETO ENSINA XADREZ PARA CEGOS E BUSCA INTERESSADOS PARA EVENTO PILOTO


Com uma proposta inovadora, o Projeto ChessLand, ainda em formação,
realizará um evento piloto antes do lançamento do site e do aplicativo.
Entre diversas opções, o projeto terá recursos de áudio e vídeo aulas
focado no ensino do xadrez para diversos níveis e para todas as pessoas, mas
a atenção do ChessLand será direcionada especialmente às pessoas cegas,
ou com visão parcial.
O evento piloto tem o objetivo de conhecer pessoas interessadas no jogo e
testar essas aulas, além da possibilidade de fazer novos amigos e da
interação entre todos os participantes.
O evento acontecerá em São Paulo e os participantes não precisarão pagar
a entrada, porém são apenas 30 vagas.
Mais do que tudo será oferecido uma pequena recepção, com comes e bebes, e
bastante tempo para bate-papos entre todos.
Para se candidatar a participar do evento, por gentileza, envie seu nome,
telefone, e-mail e perfil no Facebook para contato@chessland.com.br.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Mais uma vez a TV brasileira repete a imbecilização dos cegos



Renato Barbato

22:35 (Há 9 horas)


para Renato
Olá para todos.
Mais uma vez a TV brasileira repete a imbecilização dos cegos, com um texto piegas, que só faz crescer a estigmatisação de nossa classe.
E, novamente, com o apoio de uma filantrópica paulistana, que só presta desserviço para as pessoas com deficiência visual, mostrando o lado coitadinho, infelizmente.
Fiquem com o texto, que não é de minha autoria, mas endosso cada palavra.
Renato Barbato
Locutor e apresentador
Se você quer um mundo diferente, seja diferente, faça a diferença.


Fantástico presta desserviço aos cegos
Do Movimento Cidade para Todos

O programa Fantástico, da TV Globo, nunca foi de propor e aprofundar reflexões sobre coisa nenhuma. Sua principal característica sempre foi entreter, geralmente com matérias que impactam o telespectador pela emoção - que é o que dá audiência mesmo.

Já as grandes instituições assistencialistas para pessoas com deficiência costumam usar sua influência e o quase total desconhecimento dos jornalistas sobre o tema para pautar a imprensa naquilo que fazem de melhor: conseguir doações depois de arrancar lágrimas de piedade de leitores e telespectadores.

A união da fome com a vontade de comer só poderia ter dado (mais uma vez) na reportagem exibida pela emissora na noite do último domingo, 23 de agosto, que apresentou o encontro de cegos com seus ídolos: os atores Ailton Graça, Alexandre Borges, Christiane Torloni e Nicette Bruno (Nicette, aliás, é uma espécie de "madrinha" da nefasta fundação paulistana para cegos que participou da matéria com seus funcionários).

Vale destacar aqui que nós mesmos estamos cansados de criticar em São Paulo esta fundação e as secretarias municipal, estadual e nacional da pessoa com deficiência - que até hoje não disseram a que vieram -, mas suas frequentes pisadas na bola costumam ser uma excelente oportunidade para falar de inclusão como se deve e com bom alcance.

Então, vamos lá: durante esta matéria, alguém mencionou um recursozinho chamado audiodescrição? Alguém explicou que a audiodescrição é a narração de imagens para o cego em novelas, filmes, peças de teatro, livros, museus e até partos e casamentos? Que, com ela, quem não enxerga fica sabendo como são os rostos, cabelos, roupas, cenários e toda a ação da cena? E que os silêncios na telinha são finalmente compreendidos sem a ajuda de familiares e amigos? Enfim, alguém informou que, por lei,  a audiodescrição já está disponível na televisão brasileira durante seis horas semanais e, com o controle remoto, pode ser acionada pelo segundo canal de áudio, como a tecla SAP?

Claro que não. O que interessava ali era apenas a comoção provocada pelos coitadinhos dos cegos que jamais puderam ver seus atores favoritos e tiveram, finalmente, uma chance de tocá-los, abraçá-los, conversar com eles. Nada contra: cego ou não, quem não gostaria de encontrar seu ídolo? A questão é que matérias como essa são um enorme desserviço aos cegos porque apenas reforçam o estigma de pessoas dignas de pena. O que seria completamente diferente se o encontro fosse apenas um gancho para apresentar e divulgar ao público a audiodescrição, um recurso de extrema importância para quem não enxerga, o recurso de acessibilidade que realmente garante inclusão e autonomia e que, infelizmente, ainda precisa crescer muito, mas muito mais neste país.

É preciso chegar mais perto deste segmento da população que não tem acesso a direitos básicos e essa é sua grande, árdua e praticamente desconhecida luta diária: faltam pisos táteis, semáforos sonoros, transporte acessível, livros em braile nas escolas (que chegam com atraso e incompletos),  livros digitais acessíveis vendidos pelas editoras e scanners de voz nas bibliotecas públicas, para que possam ouvir e digitalizar as obras de que precisam - e, sim, não custa ressaltar que cegos utilizam largamente celulares, tablets e computadores como todo mundo (e muito mais do que o braile) graças aos programas que leem em voz alta todo o conteúdo da tela.

Passou da hora de a grande imprensa parar de recorrer a instituições assistencialistas quando precisa de informações e "personagens" para suas reportagens. Chega de cegos chorões, pidunchos, despolitizados e eternamente atrelados a essas fundações da vida, ultrapassados guetos, na contramão da história porque apenas segregam e estigmatizam pessoas. Quisessem mesmo utilizar dinheiro e influência para incluir quem tem deficiência, governos e filantrópicas já teriam conseguido enormes avanços na área...

Aproveitamos para parabenizar o doutor Drauzio Varella, que, também no Fantástico, apresenta a excelente série sobre Síndrome de Down, que realmente promove inclusão - e inclusão, sempre é bom lembrar, nada mais é do que garantia de direitos: direito à educação nas escolas convencionais, direito à saúde, ao trabalho, à cultura e ao lazer. Direito à cidadania. E caridade nada tem a ver com isso. A caridade institucional precisa da exclusão porque sobrevive e lucra com ela. Pena que a maior parte da imprensa brasileira ainda não saiba disso.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

encontro da Rede de Leitura Inclusiva, com a participação de Ana Paula Silva. O evento acontece no dia 20 de agosto, das 13h30 às 17 horas


Cleomira Ferreira de Souza

23:27 (Há 9 horas)
para Cleunice
Convite

A Seção Braille da Biblioteca Pública do Paraná convida a todos para um encontro da Rede de Leitura Inclusiva, com a participação de Ana Paula Silva. O evento acontece no dia 20 de agosto, das 13h30 às 17 horas, no auditório Paul Garfunkel, no segundo andar da BPP. Haverá certificação para os participantes. Os interessados devem enviar e-mail com nome e telefone paraangelicalj@bpp.pr.gov.br ou telefonar para (41) 3221-4980, falar com Angélica Lais Justino. 


Att,


Angélica Lais Justino
Funcionária da Seção Infantil
Divisão de Coleções Especiais
Biblioteca Pública do Paraná

domingo, 16 de agosto de 2015

Conversando

A convivência com o pai e a educação que o Tito Carvalho conquistou

Calçadas - acessibilidade - política

a pedagoga Terezinha Lima

Música Maestro

Placas e barreiras ineficazes

Uma esperiência sensorial e técnica

Um bom projeto em gestação - festival de cantores cegos

Parabéns para vocês

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Pisos Táteis - pesquisa - consulta

mundo Cegal mundo@mundocegal.com.br

11:17 (Há 2 horas)
para news
Olá, tudo bem?


Fiz uma pesquisa sobre pisos táteis para compor minha tese de doutorado
(Universidade Federal de Santa Catarina).

Agora, convido você para participar também desta pesquisa, através do método ´poema dos desejos´, na qual você irá descrever como seria um sistema de informação ao usuário do transporte coletivo ideal para você.


O intuito é levantar dados sobre o quê, como e onde as pessoas com deficiência visual preferem ser informadas sobre o sistema (linhas, horários, itinerários, etc.), desde o deslocamento a pé, aos veículos,
estações e abrigos, este último, quando por transporte por ônibus.


Gostaria muito que você participasse,  registrando sua opinião, visto que o transporte coletivo, precedido pelo a pé é aquele que pode oferecer independência nos deslocamentos das pessoas com deficiência visual.


Caso participe de grupos de pessoas com deficiência visual e possa encaminhar esta pesquisa, compartilhe!


Abraços e obrigada.



Link para responder a pesquisa:


https://docs.google.com/forms/d/1fNJgiv3fXyjMy173dbpYaimyKnfCn461nS69Yf3whT8/viewform?usp=sen

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

mais uma grade de programação da Rádio Dosvox, e, junto vem também um novo Papo no Balcão

Renato Barbato

18:24 (Há 3 horas)



para Renato

Olá para todos.
Novinha em folha, mais uma grade de programação da Rádio Dosvox, e, junto vem também um novo Papo no Balcão.
Nessa edição entrevistei a Sônia Cândido, profissional da área da saúde que nos fala sobre as doenças do milênio, que estão acometendo um grande número de pessoas mundo afora.
Ela nos fala das causas, diagnóstico e prevenção, sem esquecer que sempre temos que ter acompanhamento médico.
Como sempre, estão presentes nessa grade os imperdíveis:
Conversa que Interessa, Salada Musical, Bate Papo Musical, Paradão do Jean, Café Brasil, Tribuna RDV e o Muito Especial.
Vocês não podem perder o penúltimo capítulo da radionovela Vende-se um vestido de noiva.
O sistema de transmissão da Rádio Dosvox é o PODCAST, portanto, você pode ouvir o seu programa no dia e hora que for melhor, inclusive baixar e levar no seu celular para ouvir enquanto espera o transporte público  ou fica preso no trânsito.
Bom, chega de conversa e vamos à programção, nos links logo abaixo.
Renato Barbato
Locutor e apresentador
Se você quer um mundo diferente, seja diferente, faça a diferença.

Para ouvir a programação da "R D V" acesse as playlists através dos

   links diretos:

   Formato "Real media":
http://intervox.nce.ufrj.br/radio.dv/radio.ram

   formato "WMA":
http://intervox.nce.ufrj.br/radio.dv/rdv.m3u

Importante:
Durante a programação da "R D V", a emissão  de  opiniões,  conceitos  e
ideologias, é de exclusiva responsabilidade de seus produtores...

 ----------

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

"Constelações e Sistema Solar"

Convite : O céu ao alcance das mãos

Entrada
x

Cleomira Ferreira de Souza

16:58 (Há 16 horas)
para Cleunice
 
"Constelações e Sistema Solar"
Venha conhecer as constelações e o sistema solar em escala e audiodescrito, no planetário móvel do Centro de Divulgação de Física da UFPR.

O evento acontecerá na Biblioteca Pública do Paraná – Seção Braille. Haverá tour tátil, confirme presença.
Data: 13/08/2015
Horário: Sessões às10h e ás  15h
Local: Hall do 2º andar da BPP
Entrada Franca

Biblioteca Pública do Paraná - BPP
Endereço: Cândido Lopes, 133
80020-901 - Curitiba - PR
Telefone: 41 3221-4985



Cleomira Burdzinski
Coordenadora da Seção Braille
Divisão de Coleções Especiais
Biblioteca Pública do Paraná