TInformando - links para os meus blogs, YouTub e facebook http://tinformando-meus-blogues.blogspot.com/

terça-feira, 5 de abril de 2016

BOLETIM PRA VALER! PEÇA FORA DO MUNDO COM AUDIODESCRIÇÃO

BOLETIM PRA VALER! PEÇA FORA DO MUNDO COM AUDIODESCRIÇÃO


Entrada
x

Amigos Pra Valer

07:36 (Há 2 horas)
para Amigos

Olá amigos, mais teatro acessível para todos nós!
Observação com correção: este será o horário do teatro: 18:30!
Censura: 16 anos.
Tels.: 11 99594-9875 – 2849-7822

Aquele abraço!


PEÇA FORA DO MUNDO COM AUDIODESCRIÇÃO

Teatro Sérgio Cardoso e APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte convidam para a apresentação da peça FORA DO MUNDOcom audiodescrição da VER COM PALAVRAS e interpretação em LIBRAS.

Texto e direção: Analy Alvarez
Data: 09 de abril (sábado).
Horário: 18,30 horas.
Duração: 70 minutos
Local: Teatro Sérgio Cardoso, Sala Paschoal Carlos Magno.
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista, São Paulo, SP.
Censura: 16 anos.

Convites para pessoas com deficiência visual e seus acompanhantes.
Favor confirmar presença pelo email: marina@vercompalavras.com.br

Sobre o espetáculo: A peça é baseada na verídica história de D. Sebastiana de Mello Freire, carinhosamente tratada por D. Yayá, que nasceu em 1887 e morreu em 1961 aos 74 anos, dos quais 42, ela viveu no casarão da Rua Major Diogo, confinada pelos parentes, interditada judicialmente e dada como louca. Possuía um patrimônio, avaliado à época em cerca de 4 milhões de dólares. A peça acontece em dois planos: o da realidade que mostra o último dia da vida de D. Yayá e o da memória, no qual ela revive sua vida e suas angústias.

Ficha Técnica: Texto e Direção: Analy Alvarez; Direção de Produção: Mário Sérgio Loschiavo; Elenco: Miriam Mehler, Mara Faustino, Vinícius Calamari, Mariana Blanski, Cibele Troyano, Vivi Gonçalves, Fernanda Oliveira, Wagner Vaz, Antonio Nata; Foto: Marcus Cardeliquio.

Descrição do e-flyer: o e-flyer é ilustrado na lateral esquerda por fotografia em preto e branco de Dona Yayá, representada por Miriam Mehler, cercada por personagens que conviveram com ela até o fim de seus dias - três homens usando ternos e gravatas borboletas e três mulheres, com blusas fechadas, todos com fisionomias austeras; e por aqueles que estavam em sua memória, como as duas moças que estão em primeiro plano, sentadas no chão, com vestidos de mangas bufantes: Rosinha e D. Yayá moça, representada por Mariana Blanski. O título do espetáculo, escrito com letras brancas, encontra-se na parte inferior da foto, sobre faixa bege.

Nenhum comentário:

Postar um comentário